quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Vencendo a Inveja ( I ) Reflexão

"Ninguém busque o próprio interesse; e, sim, o de outrem" (1 Co 10.24)

Ao chegar da escola, a garota entrou correndo na cozinha, agitando uma folha de papel na mão.

- Olhe esta borboleta a mais linda do mundo e é para você. Enquanto a mãe terminava os detalhes do almoço, a garota não parava de falar um minuto e queria que a mãe visse a borboleta. A senhora enxugou as mãos num pano e abaixou-se para observar o desenho:

- Está linda! - admitiu; mais para satisfazer a filhinha do que expressando realmente o que sentia.

- Onde você aprendeu a desenhar desse jeito? - Perguntou.

- Não fui eu, mamãe, foi a minha coleguinha. Ela é a melhor desenhista do mundo. Pedi para ela fazer uma borboleta para você.

Tendo dito isso, a garota saiu para o pátio para brincar, deixando a mãe sem saber o que dizer nem como reagir.

Você e eu seríamos capazes de alegrar-nos com o sucesso dos outros. A minha pergunta é: Como deveríamos reagir diante do sucesso dos outros? Todos sabemos como o cristão deve reagir.

A inveja, popularmente chamada "dor de cotovelo", tem a propriedade de deformar a realidade e o poder de envenenar a alma.

Tem Deus o remédio para esse tipo de mal?

Claro que tem. A resposta é Cristo.

Vença a inveja buscando o interesse de outrem!

Fonte: Por Pastor Adriano Moreira - Meditações que Edificam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário