quarta-feira, 23 de abril de 2014

ATAQUE VERBAL DE ATIVISTAS GAYS CONTRA EVANGÉLICOS

Relato da Dra. Damares Alves, assessora da Frente Parlamentar Evangélica, sobre ataque verbal de ativistas gays

Comentário de Julio Severo: Na data de em 22 de abril de 2014, durante a votação do PNE (Plano Nacional de Educação), ativistas proclamaram muito claramente que querem os evangélicos queimados vivos em fogueiras.
Fico pensando: Se a Dra. Damares, que presenciou e foi vítima direta de todo esse ataque de ódio, tivesse feito como os ativistas gays fizeram, proclamando que quer os ativistas gays queimados vivos em fogueiras, tenho certeza de que em menos de 24 horas ela perderia o emprego. A esta altura, ministros do governo de Dilma Rousseff estariam publicamente condenando o crime de ódio da assessora da bancada evangélica contra os militantes gays do Brasil. Maria do Rosário estaria trovejando nos noticiários de TV que, além de perda de emprego, a evangélica Damares deveria ser alvo de prisão e investigação federal. Globo e outras grandes redes de televisão estariam vociferando em coro que Damares representa todos os evangélicos, usando seu exemplo para castigar a oposição “odiosa” evangélica às práticas homossexuais.
Entretanto, a declaração de extermínio por tortura não foi dirigida aos ativistas homossexuais. Foi dirigida por eles aos evangélicos. Por isso, a Globo não apareceu e Maria do Rosário calou. No Brasil da ditadura gay, os opressores podem falar em extermínio das vítimas, mas elas não podem esboçar a mínima contrariedade à ditadura e ameaças, sob pena de serem acusadas de “homofóbicas” e “preconceituosas.”
Se os ativistas gays querem desabafar suas raivas, por que não viajam para a Arábia Saudita e gritam logo ao sair do avião: “Vocês merecem ser queimados vivos na fogueira por condenarem os homossexuais à morte”?
Se não querem viajar tão, eles deveriam fazer uma invasão de protesto em alguma mesquita do Brasil e deixar o mundo inteiro saber que os ativistas gays brasileiros querem o extermínio daqueles que os exterminam. Evidentemente, eles não farão isso porque a resposta islâmica mundial será uma só: mais extermínios de homossexuais!
É fácil ameaçar os cristãos, que não revidam nem matam. Por isso, os cristãos são alvos sistemáticos das ameaças e mentiras do movimento gay.
Eis o relato da Dra. Damares Alves sobre o que lhe fizeram ativistas gays determinados a impor a ideologia de gênero nas crianças do Brasil:
Damares Alves
Fui agredida hoje pela tarde dentro da Câmara dos Deputados. Como resultado da agressão, foi feita uma ocorrência policial.
No Plenário 5 acontecia a votação do PNE (Plano Nacional de Educação). Durante meses trabalhei assessorando os parlamentares cristãos para que fosse retirado do texto final a obrigatoriedade do ensino da ideologia de gênero nas escolas do Brasil.
Todos conhecem minha posição sobre o tema.
Vencemos! No final da votação a família brasileira venceu! A obrigatoriedade foi retirada.
Eu estava acompanhando a votação dessa questão de fora do Plenário, que estava lotado. Eu tinha de permanecer ali por perto, caso algum deputado precisasse de minha ajuda.
No final da votação sobre gênero, fui ao Plenário, pois os deputados cristãos ainda tinham outras questões para votar. Fui orientá-los, pois é meu trabalho.
Não fiquei no Plenário mais que seis ou oito minutos. Contudo, ativistas da ideologia de gênero estavam presentes e com os ânimos alterados por terem perdido na votação. Eles me viram orientado os parlamentares cristãos. Quando tentei sair do Plenário, um deles foi em minha direção e disse: “TODOS OS EVANGÉLICOS DEVERIAM SER QUEIMADOS VIVOS EM UMA FOGUEIRA NO BRASIL.”
Havia ódio no rosto e nos olhos dele. Pedi que ele repetisse a frase, pois pensei que havia entendido errado. Ele repetiu por mais duas vezes. Quando percebi a gravidade do que ele estava proferindo, pedi que ele falasse mais alto para que mais pessoas ouvissem, pois só os que estavam muito perto ouviram. O ativista gay se acovardou e não teve coragem.
No entanto, para minha surpresa, outro ativista gay que estava do lado disse que tinha coragem e começou a gritar alto. Na verdade, esse segundo ativista berrava: “TODOS OS EVANGÉLICOS DEVEM SER QUEIMADOS VIVOS EM UMA FOGUEIRA.”
Ele também gritava ainda que os evangélicos são uma desgraça para o Brasil e que deveriam que ser exterminados. Havia muito ódio nesses ativistas gays.
Os policias legislativos viram o que aconteceu e identificaram que havia incitação ao ódio e entenderam que eu corria perigo, pois o Plenário estava lotado de ativistas homossexuais. Os policiais foram em meu socorro e em seguida fomos todos conduzidos para a delegacia da Câmara.
De meu lado estava o Pastor Davi Morgado de São Paulo. De forma semelhante, ele se sentiu agredido e foi para delegacia também como vítima.
Os agressores continuavam destilando ódio.
Foi feito um Boletim de Ocorrência e depois de meu depoimento os policias legislativos me escoltaram de volta até meu local de trabalho, pois eu ainda corria risco de ser agredida dentro da Câmara dos Deputados.
O número do Boletim de Ocorrência é 048/2014, registrado no Departamento de Policia Legislativa da Câmara dos Deputados.
Foi horrível ver e sentir tanto ódio!
Eu só estava fazendo meu trabalho de forma muito discreta e pacífica, como faço todos os dias na Câmara.
Eu, como senhora, estava em uma situação vulnerável, pois no local por onde passei dentro do Plenário eles eram maioria e todos eles estavam muito irados por terem perdido a votação.
Se os ativistas, que me pareciam ligados a algum sindicato, estivessem portando algum objeto cortante ou alguma arma, eu creio que sofreria agressão física.
Havia muito ódio e rancor.
Tudo que ouvi me incomodou de verdade. Não é a primeira vez que ouço: “Morte aos evangélicos!” Mas desta vez senti que algo tinha que ser feito.
Basta de tanto ódio contra nós no Brasil!
Não vou ficar apenas no Boletim de Ocorrência. Quero continuidade. Quero vê-los processados por crime de ódio. Quero respeito aos evangélicos.

sábado, 19 de abril de 2014

DUAS DIREÇÕES E DOIS CAMINHOS DIFERENTES - REFLEXÃO


DUAS DIREÇÕES E DOIS CAMINHOS DIFERENTES

Dois carros trafegam em dois caminhos e condições diferentes um do outro. Um deles à noite e o outro de dia. O que trafega  á noite, tem mais dificuldades na direção do que o outro devido à má visibilidade e está propenso a sofrer mais acidentes, como por exemplo:
(1)- Cair em um buraco;
(2)-Bater em qualquer objeto na estrada;
(3)-Cochilar devido à hora  ser imprópria;
(4)-Não ter boa visibilidade para ler bem as placas indicativas;
(5)-Derrapar em uma curva adiante;
(6)- Vir de encontro à ele uma luz forte e contrária e até cegá-lo          instantaneamente e perder a direção do veículo;
(7)- Ter dificuldades para resolver qualquer enguiço;
(8)- Cair em um abismo, etc...Isso tudo por estar dirigindo na escuridão. As condições de direção do outro carro que está  trafegando de dia são bem melhores e superiores do que o da noite, devido ter uma visão  bem mais ampla, tanto adiante, atrás e dos lados. Assim mesmo é comparado as vidas de dois homens:  do que está na Luz e do que está na escuridão espiritual:
 (1)- O que anda na escuridão espiritual, pode cair  em buracos de situações várias, dependendo da profundidade dos problemas em que se encontrar, tais como estar envolvido com as fumaças negras do tóxico, etc..
.(2)- Bater em um objeto da  estrada da vida, se aborrecendo com uma pessoa que o faça perder a direção do controle acarretando prejuízos e inimizades.
 (3)- Cochilar e estar desatento aos problemas da vida que o cercam sem a devida prudência que todo homem deve ter em horas impróprias da escuridão da vida que envolve  a maioria das pessoas, as quais não tem uma visão do futuro;
 (4)- Não ter boa visibilidade das placas indicativas das coisas que apontam adiante para a boa sobrevivência com o seu próximo que está à sua frente e atropelá-lo, acidentando-o e                                                           fazendo-o sofrer com  o impacto das decepções e
1

 podendo até matá-lo se não se humilhar pedindo-lhe perdão pelo erro cometido;
 (5)- Derrapar em uma curva, na qual, dependendo de suas extensões de perigo, somente com a esperança em Deus poderá livrá-lo dessa situação descontrolada em que foi impelido pela ira, pela falta de paciência, etc...
 (6)- Vir de encontro uma luz muito forte e contrária enganando-o dizendo que é a verdade, mas é o diabo, pois o mesmo tem  poder de até se transformar em um anjo de luz ( 2º Coríntios 11:14 ) e cegá-lo com as suas religiões e doutrinas falsas, todas  anti-bíblicas e fazendo-o perder a direção do caminho certo, para perdição da sua alma. Sendo uma luz contrária, não é boa para ninguém.
 A  Luz  verdadeira, que é Jesus, é sempre à favor e positiva, como o farol que ilumina  o caminho  adiante;        
(7)- Ter dificuldades para resolver qualquer enguiço da saúde do corpo, tais como a doença, que é uma constante e variável em sua vida, devido ser o seu corpo muito falho, frágil e perecível com o passar dos anos;
(8)- ou cair em um abismo em que não haverá mais condições de reparo, pois  não  poderá  dar  a  ré, que  é     a   marcha  do  arrependimento    dos  vacilos  anteriores, os   quais   são  os  seus  pecados  praticados  ( Hebreus 9:27 ).

 A pessoa que anda em trevas, conforme  disse Jesus, NÃO SABE PARA ONDE VAI - João 12:35  e está propenso a acontecer os problemas de quem dirige na escuridão, sem esperança e certeza de como chegará ao destino, mas se aceitar `a Jesus para dirigir a sua vida, estará  recebendo A LUZ  para dissipar as trevas  que o  dificultam  em sua caminhada e terá pela fé nas palavras Dele uma direção certa  que o encaminhe para Deus, pois Ele disse em João 14:6 – EU SOU O CAMINHO, E A VERDADE E A VIDA; NINGUÉM VEM AO PAI  SENÃO POR MIM;  e também: EU SOU A LUZ que veio ao mundo para que todo aquele  que crê em Mim, não permaneça nas trevas ( João 12:35 ). E a condenação é esta: que a LUZ veio ao mundo e os homens amaram mais as trevas do que a Luz, porque as suas obras eram más. Porque  todo aquele que faz o mal aborrece a Luz, e não vem para a Luz para que as
2

suas obras não sejam reprovadas. Mas quem pratica a verdade vem para a Luz afim de que as suas obras sejam  manifestas, porque são feitas em Deus ( João 3:19-21 )
PREZADO LEITOR: A noite é certamente o tempo mais propício ao sonho, durante o qual se guia pelas estradas das ilusões dessa vida, que causam enfado, monotonia, cansaço  e sono  a quem esteja na direção de uma vida solitária sem ter alguém que possa ajudá-lo nesta caminhada, mas se tu andas sozinho, guiando a sua vida nas trevas, sem uma luz em seu caminho e sem direção para onde deva ir, ACEITE A JESUS CRISTO, a verdadeira LUZ como seu Salvador e Ele assentar-se-á no banco do seu carro, o qual é o seu coração ( Apocalipse 3:20 ) e  estará ao volante guiando para ti na direção certa e terás tranqüilidade Nele, pois Jesus tudo vê, tudo entende e te livra de maus momentos em que tu sozinho não conseguirias resolver e assim encontrarás descanso para a sua alma. ( Mateus 11:28 )         
 J.S.R( servo de Jesus Cristo )




OS DOIS SENHORES (Meu testemunho )
Antigamente era servo de uma “pessoa”, a qual tinha muito domínio sobre mim e me oprimia muito por não gostar da minha existência e era muito exigente comigo. Fiquei conhecendo quem ele era realmente posteriormente, devido à ele ser muito mentiroso, falso e enganoso com as suas falsas promessas que tinha para mim. Alguém me revelou quem ele era realmente. Eu não tinha liberdade quase que nenhuma  por ser seu servo e estar  fazendo quase que totalmente as suas vontades. Sofria muito por isto e não sabia porque acontecia determinadas coisas negativas em minha vida . Era a quem  que agia ocultamente e invisivelmente , sem eu notar ou ver  a sua presença,pois estava cego por ele, porque este é um dos seus papéis: cegar os entendimentos dos incrédulos e daqueles que deixam  de ouvir  a voz de um outro    que     quer     ser  o    nosso    Senhor ( Mateus 11:28 a 30 ) o qual


3
nos oferece a total  liberdade e libertação do outro, o qual muitos destrói, mata, rouba e escraviza.  João 10:10 .
       Fiquei muito tempo servindo a esta “pessoa” na escuridão sem conhecer a verdadeira Luz ( João 12:46 ). Sabia que existia o outro Senhor, que era e é muito mais forte, mas estava como que anestesiado  e não sentia nenhum desejo e nem  tinha nenhuma força  de ir á Ele, porque o outro me enfraquecia e me iludia com  falsas promessas efêmeras e enganos, dizendo que o que “ele” me oferecia era melhor e que o outro não me daria nenhuma liberdade de fazer o que eu queria ou quisesse neste mundo, ao qual “ele” impera a quem vive neste sistema secular pecaminoso. Iria ter uma vida monótona, sem participar dos prazeres deste mundo com os outros e que se eu servisse ao outro Senhor, os meus companheiros me escarneceriam  muito se tomasse essa decisão. Isto na minha  mente morava constantemente. Era a vergonha e o medo.  Andava conforme os seus desejos na minha carne e por isso sofria muito, porque o seu jugo era pesado. Quão iludida era a minha vida por servir à esta “pessoa”  que agia em mim (Efesios 2:1), sem senti-lo ou vê-lo, através  dos desejos carnais, os quais me escravizava e escraviza  a qualquer ser humano. Isto criava em mim um grande vazio, que só o outro Senhor podia preencher. Agora sei e  conheço  quais são as obras da carne, a qual é inimiga de Deus, por não se sujeitar à Ele ( Romanos 8:5 a 8 ), as quais estão relatadas em Gálatas 5:19 a 21.  Eu andava segundo a carne, portanto estava morto e não sabia, por não conhecer e nem obedecer a Palavra de  Deus. Romanos 6:23). O salário do pecado é a morte. Eu não examinava esta Verdade que está na Bíblia Sagrada, que contêm a Palavra de Deus. É por isso que ainda estou vivo para contar os grandes livramentos de morte que Ele me proporcionou, mesmo estando nas trevas, porque a sua grande  misericórdia  me  alcançou .    A maioria estão hoje em dia nestas condições como eu estava, em não aceitar a Palavra que liberta  o homem( João 8:32,36 ) do medo, da superstição, da incerteza, da ilusão, da condenação, , da escravidão,  da ignorancia, da idolatria, da rebeldia , do egoísmo, etc...Era um morto vivo que caminhava neste mundo

4

conforme os seus sistemas de prazeres (1º João 2:15 a 17 ) que me atraiam muito , os quais me  condenavam, pois eu não tinha o pleno conhecimento da Palavra de Deus, o que o outro lutava e não queria que ficasse sabendo disso. Eu andava na mentira e era filho da ira (João 8:44).     Jesus disse: e, conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará ( João 8:32 )e esta Verdade era e é o Senhor Jesus que também disse: Eu sou o caminho,  e a Verdade , e a Vida; ninguém vem ao Pai a não ser por Mim.     João 14:6 .
  Hoje, pela perseverança na fé (Apocalipse 3:11  - Mateus 24:13 ) que tenho nas promessas de Deus, posso  dizer que estou liberto do domínio do pecado, mas ainda não estou livre das tentações dele, por estar ainda neste corpo corruptível e em seu campo de ação, que é  este mundo. Liberto do domínio do maligno, o outro senhor ( satanás ).
         Isto é muito importante, pois sirvo a Jesus que é a minha real liberdade,pois ele disse: se pois o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres (João 8:32 ) Aleluia !   Por que posso dizer que não estou debaixo do domínio do pecado ?  Porque estou debaixo da graça  do Nosso Senhor Jesus Cristo e por não ter prazer em praticá-lo e nem obedece-lo em suas concupiscências.  Romanos 6:12 e 14 )   Quem tem prazer no pecado é escravo do pecado e o resultado dele é a morte: este é o salário do pecado.
(Romanos 6:23 a).   Assim li, entendi, acreditei, aceitei, fiz e estou fazendo. Mas, se aconteceu isto foi porque Deus que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que me amou, estando eu morto em ofensas e pecados, me vivificou com Cristo e me ressuscitou juntamente com Ele para me oferecer as riquezas da  vida vindoura que há de vir para que os que o amam, pois as suas reais promessas são mais concernentes à vida eterna do que esta vida passageira que temos neste mundo em que vivemos, o qual é ilusório e  enganoso. O que jazz neste mundo é o maligno ( 1º João 5:19 ), o que eu não sabia em sua totalidade. Hoje sei que quem tinha domínio sobre mim era e continua como meu real inimigo atualmente e luto contra ele com a força e os  conhecimentos que Deus me dá através da sua palavra que é a minha espada e da fé que é o

5

meu escudo,  com o qual posso apagar os dardos inflamados do maligno ( Efésios 6: 13 a 18 ). Ele sempre e incansavelmente tentará me dominar novamente, mas com a ajuda de Deus vou resistindo a ele para que possa fugir de mim. (Tiago 4:7 ) e seguindo no  caminho de Cristo alcançarei a coroa da vida, a qual está preparada à todos que o seguem e obedecem à sua palavra.  (apocalipse 3:11 ) Hoje não ando, graças a Deus,  por meio de filosofias e vãs subtilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo e sim segundo a vontade de Cristo  Colossenses 2:8 .   Que isso seja uma constante em minha vida de fé até ao dia, só Deus sabe, da minha partida de encontro a Ele. Por isso que tenho em mim não servir a dois senhores, porque sei e conheço  o  outro ao qual servia e me maltratava, enganava, me cegava e se não morri sob o domínio dele, sei que foi a grande misericórdia de Deus em minha vida, pois por várias ocasiões passei pelo  vale da sombra da morte e teria sido morto duas vezes, tanto no corpo como espiritualmente. Assim se estou vivo hoje é porque Deus tinha uma obra em minha vida, pois Ele conhecia o  meu coração e sabia que podia me usar em sua obra, como estou nela até hoje e até aqui  me tem ajudado  o  Senhor.
     E  você ? Quem te domina ? os vícios,  a prostituição, a avareza ? Quem é o teu senhor : Jesus ou o diabo ? 
Como tu vives : sem paz, em depressão, sem solução para os teus problemas ? Na liberdade ou na escravidão ?  Medita nisso e preocupa-te com a sua vida espiritual antes que seja tarde demais. Leia Lucas 16:19 a 31 para sua meditação e tome uma decisão radical para se tornar uma nova criatura. (  2º Coríntios 5:17 ).          Entrega o teu caminho ao Senhor , confia nele, e Ele tudo fará Salmo 37:5   Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo tu e a tua casa. Atos 16:31 .   Diante de  ti está a bênção e a maldição: a escolha é sua. Faça como eu fiz e muitos fizeram em servir ao Senhor da vida: JESUS CRISTO, O SENHOR DOS SENHORES.  -  J.S.



6


sexta-feira, 18 de abril de 2014

Quanto Jesus sofreu? Relatório médico de morte por crucificação

Mark Driscoll
Quando se reconstitui os aspectos médicos da crucificação de Jesus, o resultado é um quadro brutal e vívido do que Jesus sofreu para salvar as pessoas do pecado.
Em 1986, a Revista da Associação Médica Americana publicou uma série de artigos que examinava a prática da tortura. O primeiro artigo foi intitulado “Sobre a Morte Física de Jesus Cristo,” escrito pelo Dr. William D. Edwards, Dr. Wesley J. Gabel e Dr. Floyd E. Hosmer.
“O artigo foi um relatório do evento possivelmente mais influente de tortura da história com análise fisiologicamente confiável que mostrava a dor horrível de um comum castigo romano da antiguidade,” o editor George Lundberg mais tarde escreveu em defesa do conteúdo polêmico.
Inspirando-se no relato que a Bíblia faz da crucificação, a evidência arqueológica e documentos históricos, combinados com o estudo moderno, o artigo tinha como meta “reconstituir os prováveis aspectos médicos dessa forma de execução lenta” (1460). O resultado foi uma explicação brutal e vívida do que Jesus sofreu para salvar as pessoas do pecado.

Morte excruciante

Isso é o que fizemos com o Deus do universo, conforme o artigo descreve:
* “Embora os romanos não tivessem inventado a crucificação, eles a aperfeiçoaram como forma de tortura e pena capital que tinha o objetivo produzir uma morte lenta com máxima dor e sofrimento” (1458).
* “Para os açoites, o homem era despido de suas roupas, e suas mãos eram amarradas a uma coluna erguida. As costas, as nádegas e as pernas eram açoitadas por dois soldados (lictores) ou por um que alternava posições. A gravidade dos açoites dependia da disposição dos lictores e tinha o objetivo de enfraquecer a vítima a um estado à beira do colapso ou morte” (1457).
* “À media que os açoites continuavam, as lacerações dilacerariam até alcançar os músculos esqueléticos subjacentes e produziriam tiras tremulantes de carne ensanguentada” (1457).
* “Quando os soldados rasgaram as vestes das costas de Jesus, provavelmente eles reabriram as feridas de açoites” (1458).
* “O prego fincado esmagaria ou deceparia o nervo mediano senso-motor um tanto grande. O nervo estimulado produziria ‘relampejos’ excruciantes de dor ardente em ambos os braços” (1460).
* “Exalação adequada exigia levantar o corpo flexionando os pés e os cotovelos e aduzindo os ombros. Contudo, essa manobra colocaria o peso inteiro do corpo nos calcanhares e produziria dor intensa. Além disso, a flexão dos cotovelos faria a rotação dos pulsos em volta dos pregos de ferro e causaria dor ardente ao longo dos nervos medianos danificados” (1461).
* “Já que expressões verbais ocorrem durante a exalação, essas expressões curtas [as palavras de Jesus na cruz] devem ter sido particularmente difíceis e dolorosas” (1462).
Em resumo, “A morte por crucificação era, em todo sentido da palavra, excruciante (em latim,excruciatus, ou ‘da cruz’)” (1461). Mas a morte violenta, dolorosa, sacrificial, corajosa e humilde de Jesus não é o único ato mais horrendo do homem pecador que o mundo já conheceu — é também o maior ato de amor demonstrado por nosso Deus bom e justo.

Não uma vítima impotente

É tentador olhar para o Jesus crucificado com piedade condescendente e sentir pena de Seu sofrimento brutal. Contudo, por respeito à dignidade de Jesus, precisamos resistir a essa tentação, pois Jesus não morreu como mais uma vítima impotente. Em vez disso, com a cruz no horizonte de Sua vida, Jesus disse que ninguém tiraria Sua vida dEle em derrota. Pelo contrário, Ele disse que Ele a daria e tomaria de novo em vitória (John 10:18).
Uma testemunha desses acontecimentos assombrosos foi um jovem chamado João, que nos ajuda a compreender a morte de Jesus como um ato de amor: “Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou seu Filho como propiciação pelos nossos pecados” (1 João 4:10 NVI).
Feliz Páscoa.

Fonte: Julio Severo - Via Facebook e Blog

CHOCOLATE DOCE OU ERVAS AMARGAS? - Reflexão


A primeira Páscoa foi instituída com um cordeiro sem defeito sendo morto e seu sangue sendo passado nos batentes das portas. O povo deveria comer sua carne assada com ervas amargas. Esse ritual apontava para Cristo, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Jesus passou pelo fogo do juízo divino quando se fez pecado por nós e morreu na cruz pelos nossos pecados e ressuscitou para a nossa justificação. A Páscoa não tem a ver com o coelho, mas com o Cordeiro de Deus. Não tem a ver com o chocolate doce, mas com as ervas amargas. Não tem a ver com o ovo recheado de bombons, mas com a cruz. Não tem a ver com o comércio consumista, mas com o túmulo vazio. Voltemos à Páscoa cristã!
Hernandes Dias Lopes

quarta-feira, 9 de abril de 2014

HERESIAS DO FALSO PROFETA WILLIAM B. BRANHAM

O PERIGO DAS MENTIRAS DO TABERNÁCULO DA FÉ e DO SEU PROFETA WILLIAM MARRION BRANHAM.
Primeiramente, veremos o que cita a Bíblia Sagrada a respeito da visão de Deus:
E m 1º João 4:12 está escrito:  Ninguém jamais viu a Deus;... Em Êxodo 33:18 a 23 também diz que Moisés considerado um dos maiores profetas da Bíblia, pediu a Deus para que ele pudesse contemplar a face do mesmo e a resposta de Deus foi a seguinte:  Não poderás  ver a minha face, pois homem nenhum pode ver a minha face, e viver.
Jesus após a sua ascensão aos céus apareceu no caminho de Damasco para o Apóstolo Paulo e o cercou com  um resplendor de Luz do céu e o Apóstolo Paulo perguntou quem era devido a luz ser muito intensa e por esse motivo ficou cego e ali o Apóstolo Paulo tinha certeza de que era Jesus, pois o mesmo se identificou como sendo o próprio Jesus a quem tanto perseguia sem saber em sua ignorância e a sua vida foi completamente mudada para padecer  pelo nome de Cristo e também o Apóstolo João que tanto andou com o mesmo Jesus, foi arrebatado em espírito,  o viu em sua Glória e não conseguiu contemplar a face Dele e caiu aos  pés de Cristo como morto tamanha era a grandeza da visão e foi confortado com a imposição da sua mão direita sobre o Apóstolo João e daí em diante Jesus falou: Não temas. Eu sou o primeiro e o último. Eu sou o que vivo; fui morto, mas estou vivo para todo o sempre. E tenho as chaves da morte e do inferno.
Para não deixar ninguém confundido, também está escrito em 1º Timóteo 6:14 a 16:  que guardes este mandamento imaculado e irrepreensível até a vinda de Nosso Senhor Jesus Cristo, a qual, no seu tempo próprio, há de ser revelada pelo bendito e único soberano, Rei dos reis e Senhor dos senhores, aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inascessível;  a quem nenhum  dos homens viu nem pode ver; ao qual seja honra e poder eternamente.
A  nossa regra de fé e conduta é a Bíblia Sagrada, a qual só é revelada através do Espírito Santo     ( 1º Coríntios 2:10 a 13 ) e não por  homens que tiveram visões de anjos, os quais se colocaram no lugar do Espírito Santo, e anunciando uma nova mensagem, isso é, um outro evangelho, que traduzido é BOAS NOVAS. Esses evangelhos anunciados por anjos a determinados homens, segundo a Bíblia, é maldito. Gálatas 1: 8 a 12.
Tendo como base o que diz a Palavra de Deus, podemos identificar e separar, com o auxílio do Espírito Santo, a Verdade e a mentira, o falso e o verdadeiro. Se alguém não falar segundo a palavra  de Deus, esse é o enganador de todos os que não buscam a Deus com um coração contrito e quebrantado. Salmo 51:17 ; Isaías 57:15; Isaías 66:2 ; Jeremias 29:11 a 13
Infelizmente, cito aqui, uma experiência que tive ao visitar uma congregação  que se designa evangélica, cujo nome é TABERNÁCULO DA FÉ, e tem por profeta William Marrion Branham, um americano que morreu em 1965 atropelado por um bêbado, que dizia ser ele mesmo o profeta Elias do Velho Testamento, baseado  na passagem bíblica em Malaquias 4: 5 e 6. Isto que dizer que Branham esteve com Jesus e Moisés e os apóstolos Pedro, Tiago e João  no monte da transfiguração ? Mateus 17. 1 a 13.  O Elias não literal citado por Jesus conforme o versículo 13 desse capítulo era João Batista, que veio sob o mesmo Espírito de Deus que operava em Elias. Conforme essa heresia de Branham de se auto proclamar o profeta Elias, aqui se entende que é encarnação, conforme o  espiritismo de Allan Kardec e entre tantas heresias mais, citou em seu relatos que viu Jesus Cristo em uma visão celestial  e  que a estatura dele era de um homem pequeno.( Pergunta: se ele esteve com Jesus na transfiguração, porque ele não cita a aparência de Jesus daquela época ? ) Aquí  vemos a contradição das passagens bíblicas citadas no começo dessa mensagem. Branham viu  e a Bíblia diz que ninguém pode ver a face de Deus e de Jesus. Conforme todas as suas revelações e visões, os dirigentes dessas mesmas congregações, chegaram a tal ponto de colocarem a foto de Branham  em seus púlpitos, assim como também a foto de Jesus de barba e cabelos longos, que foi inspirado por Deus, segundo Branham, a fazê-lo quem o fez, conforme a visão que Branham  teve de Jesus. Essa imagem é semelhante tal qual a da igreja católica,  e também uma foto do Espírito Santo em negativo, preto e branco, que Branham fotografou. Como ele conseguiu tal façanha impossível ? Achei muito estranho alguns desse  fatos por terem  sido respondidos por um membro branhamiano e não acreditei no que estava vivenciando, vendo e escutando tantas heresias. E , ainda me disse que depois de Jesus não houve maior profeta que William Marion Branham. Questionei se era maior que todos os profetas da Bíblia e a resposta foi sim.
Fiquei assistindo a palavra final do dirigente, o qual ficou sabendo que eu era de uma denominação evangélica e aproveitou o momento para só falar e atacar, como de uma forma furiosa, contra todas as denominações evangélicas, já que ele foi ensinado pelo profeta Branham que todas as denominações evangélicas tem a marca da besta e  portanto pertencem ao diabo, por causa da palavra trindade, a qual não tem na Bíblia, e os deixam confusos, dizendo que os evangélicos e a igreja católica adoram três deuses. Aquí está o erro deles. Os  evangélicos não tem nenhuma participação e comunhão com os católicos e não adoramos três deuses, mas somente um só Senhor e não temos nenhuma imagem que indique ou seja de Jesus. Quando nos reunimos é pela fé de que Jesus está presente, conforme o mesmo disse:  que onde estivessem  dois ou três reunidos em meu nome, aí estou. Não precisamos ter nas paredes fotos de profetas e mesmo a de Jesus, porque temos conhecimento do que está escrito em êxodo 20:4 ; Isaías 42:8.
Trindade quer dizer três pessoas distintas numa só Deidade ( Pai, Filho e Espírito  Santo ) e não três deuses (triteísmo), pois a Bíblia afirma que há um só Deus e um só mediador, Jesus Cristo, entre Deus e os homens.  1º Timóteo 2:3 a 6. Quem prega o evangelho de Cristo é evangélico, e sendo assim, eles não são evangélicos. São um grupo religioso que tem um guia homem que teve revelações de um anjo guia que instruiu  a ele todas as heresias destruidoras e maldita como consta em Gálatas 1 :8 a 22. Então é aconselhável que se publique um novo evangelho dado por um anjo e as visões e revelações  inseridos nele, conforme fez Josef Smith quando recebeu através de um anjo, um novo evangelho e apregoam o Jesus dos Mórmons, denominada Igreja de Jesus Cristo dos santos dos últimos dias, em todos os países. Paralelamente, conforme o Tabernáculos da fé, eles também usam a Bíblia Sagrada para persuadir e enganar os leigos, incautos seres humanos religiosos  que nunca leram e se leram não tinham o Espírito Santo ou ouviram falar dela sem terem nenhum contato com a mesma . Sem o conhecimento da Verdade, os tais são presas fáceis de abraçarem a mentira pensando que é a Verdade e serem seguidores e defensores deste  maldito ramo  religioso lhes parecendo como caminho verdadeiro, porém, os conduzindo para a morte . Só que, o verdadeiro Jesus é o que está inserido na Bíblia Sagrada, que  muito nos alertou sobre falsos profetas que viriam ao mundo para enganar os homens com doutrinas falsas, principalmente na forma de anjos. Abaixo a seguir as imagens que vi dentro dessa congregação: o falso Jesus do Tabernáculo, o seu Elias   e  profeta  William Marrion  Branham e a foto do espírito santo deles.

2 Crucifixos com uma figura de Jesus pendurado e ao fundo foto de Branham em uma congregação do Tabernáculo da Fé. Qual é a diferença da igreja católica ? Idolatria pura que a palavra de Deus condena  de Gênesis ao Apocalipse.

Veremos a seguir como Branham viu em uma visão do seu Jesus como foi citado acima:
COMO O ANJO VEIO A MIM E A SUA COMISSÃO 7
 E uma noite eu vi nosso Senhor Jesus. Estou dizendo isto com permissão, creio, do Espírito Santo. O Anjo do Senhor que vem não é o Senhor Jesus. Não se parece com Ele na mesma visão. Pois na visão que eu vi do Senhor Jesus, Ele era um Homem pequeno. Ele não era. . . Eu estava no campo, orando por meu pai. E voltei, para dentro e fui para a cama, e aquela noite eu olhei para ele e eu - eu disse: “Ó Deus, salve-o.” 38 Minha mãe já tinha sido salva e eu a tinha batizado. Então pensei: “Oh. . .” Meu pai bebe tanto, e pensei: “Se eu somente pudesse fazer com que ele aceitasse o Senhor Jesus!” Saí, deitei-me numa velha caminha pobre lá no quarto da frente, perto da porta. 39 E Algo me disse: “Levante-se.” E levantei-me, fui andar, e voltei ao campo atrás de mim, um velho campo de artemísia. 40  E lá em pé, não mais de dez pés [Três metros-Tradutor] de mim, estava um Homem, vestido de branco, um Homem pequeno; tinha Seus braços cruzados deste jeito; uma barba, meio curta; cabelos até Seus ombros; e Ele estava olhando de lado, de onde eu estava, desse jeito: uma Figura de parecer sereno. Mas eu não podia entender, como Seus pés, um justamente atrás do outro, e o vento soprando, Seu manto movendo-se, artemísia balançando. 41 Pensei: “Agora, espere um minuto.” Mordi a mim mesmo. Eu disse: “Agora, não estou dormindo.” E abaixei-me, arranquei um pedacinho daquela artemísia, você sabe, fiz isso como um palito. Eu pus isso em minha boca. Olhei para trás na direção da casa. Eu disse: “Não, eu estava lá dentro orando por meu pai, e Algo disse para eu sair aqui fora, e aqui está este Homem.” 42 Pensei: “Esse Se parece com o Senhor Jesus.” Pensei: “Será que é?” Ele estava olhando exata, diretamente na direção de onde nossa casa está agora. Assim dei a volta deste lado para ver se eu podia vê-Lo. E eu podia ver o lado do Seu rosto, assim. Mas Ele. . . Eu tive que me virar completamente para este lado a fim de vê-Lo. E eu disse: “Rum!” Nem Se moveu. E pensei: “Acho que vou chamá-lo.” E eu disse: “Jesus?” E quando Ele fez, virou e olhou assim. Isso foi tudo o que eu me lembro, ele simplesmente estendeu Seus braços. 43 Não há um artista no mundo que pudesse pintar Seu retrato, o caráter do Seu rosto. O melhor que já vi é aquele Rosto de Cristo aos Trinta e Três por Hofmann. Eu o tenho em toda a literatura e em tudo o que eu uso. Isso é porque esse é bem parecido, e assim então. . .ou bem próximo, o mais próximo que pode ( Estraido do livro A palavra original escrito por  branham página 7: 37 a 43 )
Que os membros dessa organização Tabernáculo da fé possam refletir e com o auxílio do Espírito Santo identificar e enxergar esses detalhes e fazer uma comparação bíblica e se tem respaldo da mesma e abraçarem a Verdade e não uma organização religiosa com seu profeta que a fundou nestes moldes  anti-bíblicos. Deixem de serem enganados, porque a Bíblia cita em 2º Pedro 2:19: porque de quem um homem é vencido, do mesmo é feito escravo. Jesus nos libertou da escravidão para a liberdade. Não somos mais escravos mais da mentira,  porque: E CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ. SE  POIS O FILHO  VOS LIBERTAR, VERDADEIRAMENTE SEREIS LIVRES. João 8: 32 e 36.
Veremos agora como podemos identificar  se   um anjo vem da parte de Deus ou de Satanás, conforme a Palavra de Deus.
Segundo a Palavra de Deus, satanás e todas as suas potestades do mal não tem livre arbítrio de escolha ( basta ler o que aconteceu na vida de Jó, homem íntegro e reto, onde satanás foi pedir permissão para tocar na vida do mesmo , da sua família e de seus pertences ) Jó 1: 6 a 22 e Jó 2: 1 a 13 ) assim como o ser humano diferentemente tem esse livre arbítrio de escolha de fazer o mal ou o bem. Todo o poder nos céus , na terra e debaixo da terra foi entregue  pelo Pai nas mãos de seu Filho Jesus Cristo que se manifestou para destruir as obras do diabo ( 1º João 3:8 ) e salvar o que estava perdido: o homem que andava e anda em trevas, o homem decaído pelo pecado e  escravo do diabo.Efésios 2: 1 a 22. João 3:17; Mateus 4:16 e 17. Lucas 19:10.
Para que o mal aconteça na vida de qualquer ser humano, o mesmo só é permitido sob a permissão de Deus, nunca sendo essa a vontade de Deus, conforme a situação em que se encontra a vida do ser humano. Antes de praticar qualquer mal, sendo esse o prazer dele, satanás pede permissão primeiramente  a  Deus  se pode ou não fazê-lo. O desejo do maligno é dominar completamente a humanidade em sua totalidade para que não haja salvação de nenhuma alma. Ele é o pai da mentira e o seu prazer é roubar, matar e destruir tudo aquilo que Deus criou, e em especial  o  ser humano. Não é e nunca foi da vontade de Deus desejar o mal para qualquer criatura humana. Deus é amor. Ele ama a todos os seres humanos, porque Ele é a essência do amor, amor ágape, mas  também Ele é um fogo consumidor ( Hebreus 12:29 ) para os rebeldes e desobedientes a sua palavra ( assim aconteceu com as cidades de Sodoma e Gomorra,  as quais foram destruídas pelo fogo e a ira de Deus sobre os moradores que viviam em total orgia ( Gênesis 19:24 ).
Aquilo que o homem plantar, ele colherá ( Gálatas 6:7 ). Se for obediente a Deus, o maligno não lhe tocará, porém se for desobediente e viver na desobediência, estará abrindo uma ou mais portas para o inimigo atuar e atormentar a vida do mesmo. A palavra de Deus nos adverte para não darmos lugar ao diabo Tiago 4:7 Sujeitai-vos, pois, a Deus. Resistí ao diabo, e ele fugirá de vós. Efésios 4:27 .. e não deis lugar ao diabo.
Para conhecer quem é meu inimigo terei que conhecer a verdade para vencer a mentira. Se eu desconhecer a Verdade, a qual se encontra na Bíblia Sagrada, serei uma presa  muito  fácil para aceitar a mentira, pensando que é a verdade e estarei selando o meu próprio destino e se abraçá-la e  divulgá-la  para os incautos, leigos e cegos, estarei conduzindo-os para o mesmo buraco que cavei para cair.
Graças a Deus, o mesmo nos deu orientação em sua santa palavra escrita, de   como discernir se um espírito ou um anjo é da parte de Deus ou do diabo. Na epístola de 1º João capítulo 4:1 a 3 está escrito: Amados, não creiais em todo espírito, mas provai se  os espíritos vêm de Deus, porque já muitos falsos profetas  tem surgido no mundo. Nisto conhecereis o Espírito de Deus: Todo espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus, mas todo aquele que nega, não é de Deus. Aquí está dizendo espírito não humano, mas o espírito das trevas que incorpora em falsos profetas, aparecendo para o mesmo trazendo um “novo evangelho” para denegrir e alterar o que está escrito na Bíblia Sagrada, fabricando heresias para que o mesmo seja um profeta representando esse “novo evangelho”, que segundo a  Deus, é maldito. Gálatas 1: 6 a 12. Na Bíblia está escrito que satanás se transforma em anjo de luz ( 2º Coríntios 11:14 ), sendo porém que isso só acontece com a permissão de Deus. O apóstolo Paulo diz que o Evangelho que por ele foi anunciado não foi segundo os homens. Não o recebeu e não aprendeu de homem algum, mas pela revelação de Jesus Cristo ( Gálatas 1:11 e 12 ). Aquí se entende claramente que não foi através de um anjo, mas diretamente do Nosso Senhor Jesus Cristo. Infelizmente, tem aparecido neste mundo, muitos falsos profetas que receberam uma ou mais visitas de anjos de como deveriam ser pregado e anunciado um “novo evangelho”. Esses pseudo profetas não souberam, no momento da presença desses anjos  discernir se os mesmos vinham da parte de Deus ou não, usando o que nos ensina a palavra que está escrita na epístola de 1º João 4:1 a 3. Foram ludibriados, enganados e creram e depois disso passaram a ser profetas desse “novo evangelho”. Quando um anjo da parte de Deus se apresenta ao homem, com a permissão de Deus, ele nunca anunciará um novo evangelho, porém  uma mensagem de Deus, no intuito de ajudá-lo trazendo uma resposta para uma solução para aquilo que de Deus foi designado. Em hipótese alguma, nenhum anjo da parte de Deus se incorpora em corpo humano. Podemos citar  como  os demônios se incorporam em pessoas, dando como exemplo o que aconteceu com o jovem Gadareno que tinha uma legião de demônios em seu corpo o qual morava nos sepulcros ( Marcos 5:1 a 20 ). Essa  é a diferença que vemos o que está escrito na Bíblia Sagrada. Muitos profetas bíblicos receberam visitas de anjos da parte de Deus trazendo mensagens ou para castigo ou para bênçãos.  A presença desses anjos aos homens, quando vem da parte de Deus, não sentimos terror, angústia ou medo, isto é, quando estamos em uma posição conforme a sua vontade.
Se tudo o que foi escrito acima foi com um propósito de alerta e ensinamento para não sermos ludibriados com as mentiras e falsas doutrinas ensinadas de determinados profetas que receberam visitas de anjos que apresentaram um outro evangelho, entrando na contramão da verdadeira mensagem de Deus.
Na matéria a seguir, citarei o que aconteceu com o denominado profeta Wlliam Marrion Branham da organização Tabernáculo da fé, fundador da mesma, e atualmente muitos tem se contaminado com as suas doutrinas ( ensinamentos ) e visões, o qual tinha como guia deste profeta um anjo que revelou a ele como deveria proceder em sua caminhada e esse anjo o seguiu até ao dia de sua morte trágica, morto em um atropelamento por um bêbado, na qual nem esse anjo o livrou nessa hora. Onde estava esse anjo que tanto o acompanhava ? Seus pais, ainda jovens, tinham em sua casa uma destilaria ilegal de bebidas alcoólicas e no fim de sua jornada confusa, foi morto por um bêbado ? Coincidência ? Conforme as palavras citadas pelo próprio Branham, a presença desse anjo sempre lhe trouxe angústias, tormentos e medo, tanto que tentou se suicidar uma vez e acreditava que fazendo isso iria se encontrar no paraíso com a sua esposa e filhas  que tinham morrido . (footprints on de sands of time ). Conforme relata a  Biblia  Sagrada, que quem  é homicida e praticou tais  atos não herdará o reino de Deus e estão em condenação.Vale também ressaltar que Branham não acreditava no lago de fogo eterno e nem no fogo eterno do inferno (W.M. Branham, the revelation of the seven seals PP 28, 48 W.M.Branam, an exposition of  the seven church age PP 134-135 ). Como  disse   antes, conforme lemos na Bíblia, as aparições de anjos da parte de Deus, quando tinham uma missão de mensagem para os profetas e juízes não causavam efeito de medo  e sim de paz. Que Deus tenha misericórdia dos membros do Tabernáculo da fé, pois os mesmos foram atraídos e enganados pelo engodo de uma falsa mensagem, porque nem todos que disserem Senhor, Senhor, não entrarão no reino de Deus. Não devemos servir a dois senhores, nesse caso Branham e Jesus, mas somente a Cristo. Nessa organização, Tabernáculo da fé, os seus líderes usam dois métodos de ensino paralelos ( a Bíblia Sagrada e os escritos e ensinamentos de William Marrion Branham ) para pregar esse novo evangelho dado a Branham por um anjo guia que lhe apareceu em todos os lugares em que o mesmo ia orientando-o de como deveria falar ou proceder sem contrariar  o que lhe ia falando ou mostrando.
Se você foi ensinado dentro dos padrões anti-bíblicos dos unicistas, do pseudo profeta William Marrion Branham e do seu anjo guia e queira sair desse meio religioso, encontrarás muitas dificuldades para se desvencilhar do mesmo, e ficará até confuso perguntando para onde deva ir servir ao verdadeiro Jesus Cristo que nos dá a Graça do Espírito Santo como o verdadeiro guia para onde possamos adorá-lo em espírito e em verdade. Jesus no dá a direção certa nos apontando para a sua santa palavra que nos disse e diz: “Examinai as Escrituras, porque pensais ter nelas a vida eterna, porque estas mesmas escrituras testificam de mim “ João 5:39 e o mesmo   está escrito também no Salmo 119:105 “Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho.” Não necessito de anjo de luz e nem palavras de profetas falsos que só trazem confusão e divisão em seus ensinamentos que só escravizam a mente dos seus seguidores. Jesus não diz para examinarmos os livros heréticos humanos e sim as escrituras sagradas. O verdadeiro Jesus Cristo nos disse que nos últimos dias, surgiriam falsos profetas e falsos cristos e enganariam a muitos. Os líderes e os membros do Tabernáculo da fé estão servindo a um falso cristo que está estampado em um quadro que foi revelado pelo seu falso profeta e não ao verdadeiro Jesus Cristo que proíbe fazer quadros pintados que dizem ser ele e em  Êxodo 20:03 condena quem faz essa prática: não fazer imagem ou qualquer semelhança do que existe no céu. Jesus falou que onde estivessem dois ou três reunidos em seu  nome , ele estaria presente nesse momento. Não necessitamos de nenhuma imagem de Jesus para invocá-lo, porque, mesmo que  se  fechem os olhos, a imagem deste Jesus com barba e cabelos longos ficaria em nossa memória. O verdadeiro Jesus, depois de sua ressurreição, ninguém, nem mesmo o Apóstolo João viu a sua face, conforme está relatado no livro do Apocalipse que diz que o rosto de Jesus era como o sol , quando resplandece na sua força, a sua cabeça e cabelos  eram brancos como lã branca, como a neve, e os seus olhos como chama de fogo. Apocalipse 1: 12 a 16. Quão grande diferença  do  verdadeiro Jesus citado pelo Apóstolo João e a do falso Jesus citado por Branham. A escolha é sua: ou o verdadeiro Jesus da Bíblia ou o falso Jesus do Tabernáculo da Fé. A quem  do  dois você servirá ? Que você pense seriamente em sua salvação e pregue e sirva ao verdadeiro Jesus citado pelo Apóstolo João no livro do Apocalipse.          -   Irmão J.S.

             

quinta-feira, 3 de abril de 2014

DIGA NÃO AO DIA DA MENTIRA - PRIMEIRO DE ABRIL / Por Sandro Gomes

Em minha leitura bíblica no capítulo 8 (oito) do Evangelho de João percebi que contém 13 vezes a palavra verdade, 5 vezes a palavra verdadeiro, 2 vezes o advérbio verdadeiramente; e três vezes o Senhor Jesus se expressou com a frase singular : "Em verdade , em verdade eu vos digo". Cheguei a conclusão que o capítulo em apreço é o capítulo da verdade que é o próprio Senhor Jesus. É importante ressaltar que neste capítulo o Mestre declara que o diabo é o pai da mentira. Em última análise, diga não ao dia da mentira que foi ontem; e reconheça Jesus como o caminho , a verdade e a vida.

terça-feira, 1 de abril de 2014

O TEMPO - Reflexão


Há tempo para todas as coisas. Há tempo inclusive para perdermos tempo.
Perdemos tempo quando sustentamos uma discussão, que poderia ter acabado em minutos, só para mostrar que nós estamos certos, embora a vitória de um dos lados não faça a menor diferença.
Perdemos tempo quando, diante de um passatempo, como um programa de televisão inútil, um jogo eletrônico insosso, um livro sem enredo bom ou uma conversa tola, não temos coragem de parar, seja trocando de canal, desligando a máquina, fechando as páginas ou mudando de assunto.
Perdemos tempo quando fazemos uma viagem sem saber para onde vamos, quando nos envolvemos numa atividade sem ter feito antes um projeto, quando fazemos de novo por não termos feito bem o que já fizemos antes.
Sabemos perder tempo.
Perdemos muito tempo. Uma vez perdido, não adianta sair em sua busca. Esta é uma perda para sempre. O tempo investido na sua recuperação é também tempo perdido, que poderia ser consagrado para a obtenção de outra riqueza.
Paradoxalmente, não perdemos tempo quando, cansados, deixamos de fazer alguma(s) coisa(s). O descanso é tão importante que até Deus descansou, para nos ensinar a fazer o mesmo.
Não perdemos tempo quando, motivados, separamos algum tempo para colocar nossa vida diante de Deus, num silêncio cheio de amor.
Não perdemos tempo quando refletimos no tempo que perdemos.

Israel Belo de Azevedo