sábado, 19 de fevereiro de 2011

O Diário de John Wesley - Reflexão

Do diário de John Wesley... Manhã de domingo, 5 de maio, preguei em uma igreja e me pediram para não mais voltar ali. Tarde de domingo, 5 de maio, preguei em outra igreja. Diáconos me mandaram sair e ficar do lado de fora. Manhã de domingo, 12 de maio, preguei em mais uma igreja. Não posso voltar lá. Manhã de domingo, 19 de maio, estive em outra igreja e os diáconos me chamaram e solicitaram que não retornasse. Tarde de domingo, 19 de maio, preguei na rua e me chutaram da rua. Manhã de domingo, 26 de maio, preguei em uma campina e soltaram um touro acabando com o culto e expulsando-me do local. Manhã de domingo, 2 de junho, preguei longe, na saída da cidade e fui expulso da estrada. Tarde de domingo, 2 de junho, preguei em um pasto e dez mil ouviram o meu sermão." Wesley tinha motivos para desanimar diante de tanta resistência. A cada passo, um obstáculo, a cada tentativa, um insucesso. Wesley sabia que Jesus era o Caminho e não importava a indiferença Ele tinha um propósito e lutaria até o fim!

Obs.: Amigo leitor, peço por gentileza que deixe o seu comentário sobre a reflexão citada acima. Desde já, muito obrigado. No serviço do Mestre, pastor Sandro Gomes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário