quarta-feira, 5 de novembro de 2014

O RELATIVISMO MORAL - REFLEXÃO

Em 2006 li um artigo escrito pelo economista Ubiratan Lorio, publicado no Jornal do Brasil sob o título ÉTICA TÉTRICA; achei por bem postar uma parte do artigo em apreço como forma de protesto contra o relativismo moral que permeia a socidade hodierna. 


"A ÉTICA EXISTE COMO MEDIDA PARA OS INDIVÍDUOS, COM VISTAS A TORNAR A SOCIEDADE MAIS HUMANA, PRESERVANDO A DIGNIDADE DOS CIDADÃOS. CAVALOS E PORCOS NÃO PRECISAM DE ÉTICA, MAS A PESSOA HUMANA, A ÚNICA DAS CRIATURAS REVESTIDA DE DIGNIDADE, NÃO PODE PRESCINDIR DELA PARA QUE POSSA, INCLUSIVE, VIVER NA COMPANHIA DE SEUS SEMELHANTES. EXISTE UM VERDADEIRO SUPERMERCADO DE SISTEMAS ÉTICOS, NO BOJO DO MAIOR DOS MALES DO MUNDO ATUAL, QUE É O RELATIVISMO MORAL. ASSIM, SOB OS DISFARCES DA "PREOCUPAÇÃO SOCIAL" E DA "IGUALDADE", OS TÉTRICOS DA ÉTICA PENSAM JUSTIFICAR PRATICAMENTE TUDO, DESDE PECADOS VENIAIS ATÉ CRIMES BÁRBAROS. SE ALGUÉM QUISER MATAR SEU SEMELHANTE, OU ESTUPRAR, OU INVADIR PROPRIEDADES, OU ROUBAR, OU ASSALTAR, OU PAGAR PROPINAS E MENSALÕES, OU FORJAR DOSSIÊS, OU MENTIR, OU ENGANAR OS ELEITORES, OU USAR VERBAS PÚBLICAS PARA FINS DE PERPETUAR-SE NO PODER, OU CALUNIAR, OU MESMO FINGIR QUE NÃO SABE, TUDO, CARO LEITOR, TUDO MESMO PODE SER JUSTIFICADO POR UMA "ÉTICA" CONVENIENTEMENTE MONTADA, DERIVADA DO RELATIVISMO.
TEMOS UMA TAREFA GIGANTESCA PELA FRENTE: A DE MOSTRAR QUE O CERTO É CERTO E O ERRADO É ERRADO. PRECISAMOS ABOLIR A ÉTICA TÉTRICA, MEDONHA E SINISTRA, QUE NOS RONDA COMO UM ABUTRE.
Crédito: Jornal do Brasil, 23 de outubro de 2006.

Nenhum comentário:

Postar um comentário