sexta-feira, 26 de abril de 2013

Precisamos Novamente de Homens de Deus - Reflexão


  

  
  Por A. W. Tozer
  
A Igreja, neste momento, precisa de homens, o tipo certo de
  
homens, homens ousados.
Afirma-se que necessitamos de avivamento e de um novo movimento do Espírito; Deus, sabe que precisamos de ambas as coisas. Entretanto, Ele não haverá de avivar ratinhos. Não encherá coelhos com seu Espírito Santo.
  
A igreja suspira por homens que se consideram sacrificáveis na
  
batalha da alma, homens que não podem ser amedrontados pelas ameaças de morte, porque já morreram para as seduções deste mundo. Tais homens estarão livres das compulsões que controlam os homens mais fracos.
  
Não serão forçados a fazer as coisas pelo constrangimento das circunstâncias; sua única compulsão virá do íntimo e do
alto.
  
Esse tipo de liberdade é necessária, se queremos ter novamente, em nossos púlpitos, pregadores cheios de poder, ao invés de mascotes.
  
Esses homens livres servirão a Deus e à humanidade através de motivações elevadas demais, para serem compreendidas pelo grande número de religiosos que hoje entram e saem do santuário. Esse homens jamais tomarão decisões motivados pelo medo, não seguirão nenhum caminho impulsionados pelo desejo de agradar, não ministrarão por causa de condições financeiras, jamais realizarão qualquer ato religioso por simples
  
costume; nem permitirão a si mesmos serem influenciados
pelo amor à publicidade ou pelo desejo por boa reputação.
_________

quinta-feira, 18 de abril de 2013

O PERFIL DO OBREIRO DO SENHOR - REFLEXÃO

-  O obreiro do Senhor deve ter: a força do boi, a coragem do leão, a operosidade da abelha, a visão da águia, a docilidade do cordeiro, a atenção do sentinela, a providência da formiga, o couro do rinoceronte, a simplicidade de uma pomba, a prontidão de um anjo, a lealdade do mordomo, o heroísmo do mártir, a fidelidade de um profeta e o amor do pastor de ovelhas.  - Pastor João Firmino

sexta-feira, 12 de abril de 2013

FAMÍLIA - GRANDE PROJETO DE DEUS




Por Eliseu Antonio Gomes
.
O matrimônio é um passo importante na vida de todos. Não é por acaso que existe um grande número de livros abordando o assunto. E o principal conteúdo que se dedica ao tema é a Bíblia, a Palavra de Deus. Há quem afirme que existem mais de quinhentas referências nas páginas do Antigo e Novo Testamento referindo-se ao casamento.
.
O casamento aos moldes bíblicos vai muito além da união emocional e da junção de corpos, é um compromisso moral e legal, que transcende à esfera espiritual. Para compreender o quanto é significativo aos cristãos a tradição do casamento, é necessário investir algum tempo em estudo bíblico. Por desinteresse em saber qual é a vontade divina para o homem e a mulher é que há nos dias atuais na sociedade pós-moderna tantos casos de infidelidade conjugal, desentendimentos dentro de lares e um grande número de divórcios. A falta de conhecimento da Palavra de Deus leva o povo à destruição (Oséias 4.6; 1 Corintios 7.3-5).
.
Um príncipe encantado para a princesa
.
O noivo próximo ao altar. O templo decorado de maneira impecável especialmente para a cerimônia. A entrada de uma bela garotinha, a caminhar sobre um tapete vermelho no corredor central, segurando delicadamente com luvas brancas um vaso de pétalas onda está o par de alianças, causam a admiração dos convidados; a marcha nupcial e a noiva ao entrar com um lindo vestido branco acompanhada de seu pai vestido com roupa de gala causam admiração ainda maior de todos. Os nubentes ouvem o pastor falar sobre o que representa a união matrimonial, estimula os dois a trocarem juras de fidelidade e amor eterno um ao outro, solicita que coloquem anéis na mão esquerda um do outro, a beijarem-se, e depois permite que saiam com braços entrelaçados pelo corredor da igreja, enquanto todos os olhares e flashes de câmeras fotográficas e câmeras de filmagem estão sobre eles. Esta é a cena que nove entre dez jovens garotas sonham viver um dia, e acreditam que após vivenciá-las serão feliz para sempre.
.
Mas será que apenas esse evento representa o casamento como Deus idealizou? A Bíblia não apresenta padrão ou ordem cerimonial específica referente ao casamento, mas sem dúvida toda pompa e circunstância cerimonial lembra o grau de importância que é a união de um homem com uma mulher aos olhos do Criador de todas as coisas. Porém, há muito mais que isso.
.
O principal objetivo da cerimônia de casamento deve ser deixar claro aos convidados presentes, e indiretamente para todas as pessoas ausentes, que os noivos estão compromissados mais seriamente um com o outro, realizaram um pacto solene diante de Deus de união a dois por toda a vida e em todas as circunstâncias. É um importantíssimo testemunho cristão para a sociedade secular. Se houver no coração dos noivos mais do que a mera afiliação religiosa, houver compromisso real com Deus, então, com certeza a aliança de ambos será também na esfera espiritual e Deus os manterá em nível de sucesso conjugal, bem distantes das taxas de infelicidade e divórcio que tem sido uma constante entre casais seculares. A genuína fé em Cristo salva o cristão de sofrer muitos males (Mateus 6.13; Hebreus 13.4).
.
Projeto: felicidade a dois 
.
Gênesis 2.18, 21-24 é uma das mais importantes referências-chave sobre o matrimônio aos moldes bíblicos, aliás é a descrição do primeiro casamento. Neste texto vemos que o casamento tem a ver com intimidade e companheirismo mútuo. O trecho revela que o Criador observou Adão solitário e constatou que a solidão não era boa para ele, então providenciou uma companhia idônea, que veio a ser Eva, feita por Deus a partir da costela do homem enquanto este dormia em sono profundo. Neste relato sobre a união matrimonial, o Senhor apresentou as diretrizes à felicidade ao determinar que o marido e a esposa vivessem juntos, um em função do outro, e que tal relação se mantivesse independente da relação de seus pais.
.
Felicidade e santidade
.
A Bíblia dá a definição com clareza daquilo que deve ser incluído na vida a dois. Deus...
.
.
E.A.G.
.

Semeando Boas Novas: Pr. José Wellington reeleito presidente da CGADB p...

Semeando Boas Novas: Pr. José Wellington reeleito presidente da CGADB p...: Os eleitos em negrito e grifados. Presidente: JOSÉ WELLINGTON – 9.003 SAMUEL CÂMARA – 7.407 1º Vice-presidente (Região Sul ...

sexta-feira, 5 de abril de 2013

É HORA DE DESPERTAR - POR GEZIEL GOMES


É HORA DE DESPERTAR



O povo de Deus precisa estar alerta!
   A Bíblia Sagrada apresenta muitos sinais que hão de preceder a volta do Senhor Jesus.
   Parece que a Noiva está esquecida e indiferente. Alguns até vivem como se não acreditassem que o Mestre voltará.
   Aqueles que julgam que os acontecimentos que se desenrolam diariamente no mundo são fatos naturais devem, no mínimo, estar com sua sensibilidade espiritual bastante reduzida.
   A Coréia do Norte está oficialmente anunciando um grande ataque com a utilização de armas nucleares.
   Uma multidão de hackers programou um boicote mundial contra Israel, a fim de neutralizar todas as suas atividades na Internet.
   Milhões de pessoas estão brincando nas redes sociais como se não tivessem nada útil para fazer e nenhuma mensagem para repartir.
O tempo de orar, de meditar e de evangelizar ficou para trás, definitivamente.
fazer foi substituído pelo lazer.
Ser deixou de ser importante. O importante, agora, é ter. Tal é a dialética da nova geração de pregadores.
Algumas pessoas assumiram publicamente a função de coveiras e passam todo o seu tempo procurando, descobrindo, desenterrando e reproduzindo notícias de escândalos e outras mazelas acontecidas, quem sabe ao certo(?), no meio gospel.
O clamor da Natureza pode ser ouvido em diferentes partes do Mundo, com preconizam as Sagradas Escrituras.
   A corrupção no Brasil atinge patamares inimagináveis.
   A liberdade de opinião está sendo ameaçada de modo brutal e vergonhoso, afogada por agentes de uma desordem ditatorial.
       A República Federativa do Brasil está caminhando a passos largos para se transformar em Reino Unido de Sodoma e Gomorra.
   Pastores outrora luminares anunciam publicamente que a Bíblia está cheia de erros e outros começam a publicar uma chamada nova versão do NT, cheia de atrocidades e blasfêmias.
       Onde estamos e para onde estamos indo?
   Recordemos Is 23.17: O pavor, e a cova, e o laço vem sobre ti, ó morador da terra.
   Acompanhe os noticiários e veja se esse texto não parece escrito para os nossos dias.
   Creio firmemente que o melhor que podemos e devemos fazer é vigiar, anunciar a Cristo rapidamente ao maior número de pessoas e aguardar o retorno do Mestre.
       Façamos isto, antes que seja tarde demais.
       Embora eu creia em um grande Reavivamento para os momentos que precederão o retorno de Cristo, entendo também pelas Escrituras que Ele voltará quando a maioria não estiver apercebida. É só reler o sermão profético. 
   É tempo de despertar. O REI ESTÁ VOLTANDO.
Estás preparado para subir ou estás treinando para ficar?

Fonte: Blog do Pastor Geziel Gomes - 05/04/2013