sábado, 4 de agosto de 2012

A Visão da Águia - Reflexão - Por Sandro Gomes

Os olhos da águia ocupam um terço do crânio. Segundo os ornitólogos, a águia tem um golpe de vista humanamente falando, incomparável, pois a 500 metros de altitude ela enxerga as letras de um jornal perfeitamente. O gato vê atá no escuro, mas em relação à águia, ele é um cego.

Uma outra característica singular da visão da águia é a que faz com que ela veja em todos os ângulos. Isto é, ela contempla para a frente, dos lados e, com um pequeno esforço da cabeça, também enxerga para trás. Ela enxerga num raio de 360 graus.

A ciência descobriu que a águia possui não apenas um fórea, mas três. Uma pesquisa revelou que uma fórea está apontada para cima, outra para frente e outra para baixo, e sendo assim, ela observa com precisão, simultaneamente, um alvo em cima, outro na frente e outro embaixo. Diante desta singularidade, faço uso das palavras do apóstolo Paulo: "Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria como da ciência de Deus!" (Romanos 11.33).

Assim deve ser a visão do cristão, ter uma visão ampla do Reino de Deus. O salmista em seu louvor e oração disse: Desvenda os meus olhos para que eu contemple as maravilhas da tua lei." Paulo não foi desobediente a visão celestial e prosseguiu para o alvo. (Atos 26.19; Filipenses 3.14; Salmos 119.18).

Nenhum comentário:

Postar um comentário