sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

TORTURADA POR AMOR A CRISTO

Quem é Helen Berhane

Presa em um campo militar em 13 de maio de 2004, pouco depois de lançar um álbum de música cristã que se tornou popular entre os jovens eritreus, a cantora e missionária Helen Berhane nunca foi formalmente acusada, condenada ou levada a julgamento. Ela apenas não atendia às exigências de assinar um documento renegando sua fé, prometendo não cantar mais, não compartilhar sua verdade em Cristo e não realizar quaisquer atividades cristãs na Eritréia. Por esse motivo, ela passou dois anos em um contêiner de metal, onde sofreu severas privações. Recebia comida líquida e salgada para inchar e ter diarreia, era amarrada e espancada praticamente todos os dias.

"Para alguns guardas, os cristãos eram considerados menos que humanos. Algumas vezes, eles se 'esqueciam' de nos levar para tomar banho ou nos deixar lavar nossas roupas. Nossa comida era muito mais salgada que a dos outros presos, para nos fazer inchar e sofrer ainda mais dores nas juntas, pernas e pés. Dividíamos um contêiner de metal com 19 pessoas e um balde de excrementos. Uma pessoas sempre ficava de pé para que as outras pudessem dormir. Dormíamos entre pulgas. A temperatura dentro do contêiner era desesperadora. Muito frio à noite e extremamente quente e sufocante durante o dia. Havia apenas uma pequena e insuficente passagem de ar. Aquele era um lugar para morrer."

No livro Cançao da Liberdade, ela relata os momentos agonizante na prisão e no contêiner e com
O a lembrança da Bíblia lhe era útil nessas horas, trazendo-lhe força e esperança.

Fonte: Revista Portas Abertas, Vol. 29, nº 12

No serviço do Mestre, pastor Sandro Gomes, parceiro da Portas Abertas desde 2003

Nenhum comentário:

Postar um comentário