terça-feira, 13 de dezembro de 2011

O SONHO DO OBREIRO - Reflexão

A fim de ilustrar as verdades enfáticas do Juízo do Tribunal de Cristo, narraremos aqui o "Sonho do Obreiro", "Certa noite, um obreiro do Senhor, extremamente cansado de seus muitos afazeres, sentou-se no sofá, e começou a repassar os acontecimentos do dia. O culto fora muito abencoado, a mensagem inspirada pelo Espírito Santo e muita gente havia se convertido. O obreiro sentia realmente muita alegria em trabalhar para Jesus. O trabalho ia bem e estava coeso debaixo de sua orientação. Seus sermões estavam fazendo grande efeito entre o s ouvintes. A igreja estava sempre superlotada. Cansado, assim, o obreiro adormeceu e sonhou que uma pessoa estranha entrou na sala sem anunciar ou pedir licença. Ela trazia consigo vários instrumentos semelhantes aos que os químicos usam para medir os materiais nos laboratórios. Isto conferia ao personagem um aspecto deveras estranho. Aquele visitante aproximou-se do obreiro a dormir e, estendendo a mão, perguntou-lhe: "Como vai com o seu zelo?". O obreiro, no momento, pensou que estivesse falando da sua saúde. Mas a interrogação tinha a ver com o zelo, o cuidado, a qualidade com a qual o obreiro deve trabalhar. Assim, ele logo respondeu que o seu zelo era muito grande e não duvidou que o estranho aprovaria na íntegra a sua afirmação. Esperava ver aquele sorriso de total aprovação. No sonho, o obreiro julgou que o zelo fosse alguma coisa relacionada à sua saúde física. Assim, meteu a mão contra o peito e retirou algo, supondo ser o zelo, ao qual o estranho se referia, e o apresentou ao "químico" para que fizesse um exame minucioso do mesmo. o visitante, então, colocou o "zelo" em uma balança, e disse: "O zelo do senhor, pesa 100 quilos". O obreiro, logo sentiu certa satisfação ao saber que pesava tanto, mas então notou que o estranho revelava o aspecto de uma pessoa um pouco atribulada. Ele não se definiu, e notava-se que, logo em seguida, faria outros testes e pesquisas. Foi então que ele dividiu o montante de zelo em átomos e pôs todos eles num cadinho, e o levou ao fogo. Quando toda a massa fundiu, retiorou-a do fogo e deixou-a esfriar. Quando ela esfriou, notou que se havia separado em camadas ou extratos. Quando o "químico" bateu de leve com um martelinho tudo se separou. Então, cada camada foi posta na balança para virificar o seu peso. O estranho fazia muitas anotações, enquanto processava a pesquisa. Quando terminou a tarefa, ele entregou ao obreiro todas as anotações, tendo o seu semblante marcado por certa tristeza, apreensão e compaixão, ao mesmo tempo. Contudo não lhe disse palavra alguma, a não ser esta expressão: "Que Deus tenha misericórdia de ti!" Dizendo isso, saiu da sala rapidamente! As anotações diziam o seguinte:

Análise do Zelo do Obreiro

Peso bruto : 100 quilos

Intolerância religiosa: 11 quilos
Ambição pessoal: 22 quilos
Amor aos elogios: 19 quilos
Orgulho denominacional : 15 quilos
Orgulho dos talentos: 14 quilos
Espírito autoritário: 12 quilos
Amor a Deus: 4 quilos
Amor ao próximo: 3quilos

Total: 100 quilos


Naturalmente, o obreiro levou um susto muito grande. Tentou encontrar algum erro nas anotações, mas convenceu-se de que estava tudo certo. Este exame serviu para provocar nele uma atitude realmente positiva, pois o visitante havia demorado um pouco no corredor. Desesperado, o obreiro gritou, dizendo: "Senhor, salva-me". E, na mesma hora, ajoelhou-se c om o papel na mão, contemplando-o demoradamente...


Fonte: Revista Obreiro, Liderança Pentecostal, p. 84, CPAD.


Nota do pastor Sandro Gomes: Que o Justo Juíz tenha misericórdia de todos nós obreiros de Sua Seara. Há mais de 20 conheci um líder de uma crescente igreja que gostava de narrar o sonho do obreiro citado acima, entretanto, infelizmente, o líder em foco, mantinha um relacionamento extra-conjugal e só bem depois o fato tornou-se público. Graças a Deus que o líder citado acima no artigo , quebrantou-se diante do Senhor da Igreja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário