segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Erros que os pregadores devem evitar: "O nome de Deus é Já"

Embora o Senhor opere milagres durante o culto e especialmente no momento da exposição da Palavra (At 14.8-10), as Escritura não o apresentam com o nome "Já", no sentido de que Ele aja sempre de forma imediata. Tal chavão tem a sua origem em Salmos 68.4: "...o seu nome é JÁ...", texto cujo real significado é ignorado por muitos pregadores.

Na tradução espanhola de Casiodoro de Reina, está escrito: "... JAH és su nombre". A versão da Bíblia Rei Tiago, em inglês, apresenta: "... his name JAH". Em espanhol, "Já", no sentido de "agora", deveria ser: "Ya" e não "JAH". Em inglês, seria "Now" .

Em português, na versão Almeida Revista Corrigida (IBB, 1981), ainda muito utilizada no Brasil, está escrito no texto em apreço que o nome de Deus é Já - com duas letras maiúsculas. Porém, nas versões mais modernas, este problema já foi resolvido, pois aparecem os vocábulos "Senhor" (ARA) e "Jeová" (ARC) ao invés de "JÁ". Esta palavra é uma forma resumida de "JAVÉ" (Yahwer), nome pessoal de Deus derivado do tetragrama hebraico YHWH.

Fonte: Ciro Sanches Zibordi, Erros que os pregadores devem evitar. CPAD/2ª ediçao/2005

Nenhum comentário:

Postar um comentário