segunda-feira, 1 de agosto de 2011

A IGREJA EM CASAS - Perguntas e Respostas - Segunda Parte

P. Por que igrejas em casas?
R. Implantamos igrejas em casas pelas seguintes razões:
1. a nossa meta não é somente iniciarmos uma igreja. A nossa meta é iniciarmos um movimento de implantação de igrejas. Cremos que isso pode ser feito da melhor maneira, enfocando-se a forma mais simples e mais reprodutível de implantação de igrejas. A igreja em casa supre essa necessidade.
2. Cremos que o conceito de igrejas em casas é a melhor forma de treinarmos pastores e líderes.
3. A simplicidade das pequenas congregações facilita a multiplicação de congregações.
4. Deus está chamando o Seu povo a uma quebra com o tradicionalismo e o profissionalismo, e a uma volta à simplicidade.
5. Na maioria dos países hoje, essa é a única maneira de se colocar em funcionamento um movimento de implantação de igrejas. Não é possível fazermos uma IMPLANTAÇÃO DE IGREJAS POR SATURAÇÃO se estivermos pensando em termos de igreja tradicional.
P. As igrejas em casas não são a mesma coisa que as células?
R. Não. O conceito de células é o estilo da roda e a igreja em casa é o estilo da videira. Uma célula é considerada como que fazendo parte da evangelização de uma outra igreja, ao passo que uma igreja em casa é uma igreja em si mesma e funciona como uma igreja.

P.Como podemos desenvolver um programa de igreja completo numa igreja em casa?
R.Cremos que se enfocarmos as coisas mencionadas no Capítulo 8 (O QUE FAZEMOS NUMA IGREJA EM CASAS?), o Senhor nos capacitará a suprirmos as necessidades de todos os indivíduos e famílias que frequentam as reuniões. O Espírito Santo é poderoso para nos tornar criativos em nossas abordagens com relação ao suprimento destas necessidades. As igrejas em casas não serão atraentes a todos. Alguns precisam frequentar igrejas com a capacidade de apresentar programas mais diversos. Não estamos em competição com outras igrejas. Estamos trabalhando juntamente com elas para ajudarmos no cuprimento da Grande Comissão.

P. E as crianças? Elas terão aulas especiais
R. Algumas igrejas em casas têm reuniões para crianças separadas dos jovens e adultos. Algumas têm todas as idades numa só reunão conjunta. É surpreendente o quanto as criancinhas aprendem pelo simples fato de estarem com os jovens e adultos no culto regular.

P. Quantas vezes por semana se reúnem as igrejas em casas?
R. Uma ou duas vezes por semana é comum, mas depende dos líderes de cada igreja em casa. Não há nada na Bíblia que diga com que frequência devemos nos reunir.

P. Sempre nos reunimos na mesma casa?
R. Nem sempre é sábio nos reunirmos na mesma casa pela seguinte razão:
1.Precisamos compartilhar com os outros a bênçao de sermos os anfitriões de uma igreja em casa.
2.Mudando-se o local de reuniões de vez em quando podemos alcançar e evangelizar diferentes vizinhanças.
3.Somos mantidos em união pelos vínculos dos relacionamentos, e não pelo local de reunião. Portanto, as mudanças são uma questão de segurança.
4.Evitamso o problema das reclamações dos vizinhos por fazermos cultos religiosos em suas proximidades.

P.A ideia das igrejas em casas não abre a possibilidade de qualquer pessoa iniciar a própria igreja?
R. O Apóstolo Paulo disse em Romanos 10.15: "Como pregarão, se não forem enviados?"
Somente os que foram enviados têm autoridade espiritual para implantarem igrejas. Até mesmo Paulo não se aventurou a sair e implantar igrejas até que tivesse sido enviado pelo Espírito Santo e pela liderança de sua igreja. (Leia Atos 13.1-4.)

P.Onde encontraremos pastores para dirigirem estas congregações?
R. As verdadeiras qualificações para os presbíteros (pastores) encontram-se em dois lugares no Novo Testamento: Tito 1.6-9 e 1 Timóteo 3.1-7. Deus já supriu muitos homens e mulheres humildes, ensináveis, e consagrados bem no meio de nossas igrejas e que são capazes de liderarem igrejas em casas. Não precisamos enviá-los para fora para serem treinados em escolas bíblicas ou seminários. O método do aprendiz é o melhor método debaixo do céu para o treinamento de pastores e líderes. Nunca houve um método melhor e nunca haverá.

P. Como podemos esperar que uma pequena igreja em casa gere uma outra igreja em casa?
R. Quando eu ainda era um adolescente o meu pastor me deu a tarefa de iniciar Aulas de Bíblia nos Lares com os idosos que não frequentavam a Escola Dominical. Não recebi nenhum ajudante ou membro com os quais eu pudesse começar essa tarefa. Recebi apenas alguns nomes e endereços de pessoas que talvez estivessem interessadas em estudos bíblicos em casa.
Durante os meses que se seguiram tive a alegria de estabelecer aulas de Bíblia em muitos lares. A minha tarefa não era somente ensinar a Palavra de Deus aos idosos, mas aprender como iniciar grupos em casas.
Isto é parte do treinamento de um presbítero. Ele recebe um território e a tarefa de iniciar uma nova igreja em casa. na maioria dos casos ele recebe pelo menos um ou dois casais para ajudá-lo a iniciar. O ideal é que um dos casais seja de pastores em treinamento a fim de que, desde o início de uma nova igreja, haja uma visão de implantação de igrejas .
Uma igreja em casa bem pequena pode enviar dois ou três casais todos os anos para gerarem uma nova igreja.

P.Como iniciarmos uma igreja em casa?
R.Em Atos Capítulo 13, foi o Espírito Santo que enviou a Paulo e Barnabé para iniciarem igrejas. Mas Ele revelou aos líderes da Igreja de Antioquia que Ele os havia chamado para fazerem isso.
Em Atos 15.24 algumas pessoas que "saíram" sem ser "enviadas" entraram em apuros. Presumindo-se que você tenha sido enviado por uma autoridade espiritual responsável, faça com que duas ou três pessoas que ainda não estejam envolvidas numa igreja concordem em reunir-se com você regularmente para adorarem a Jesus e para caminharem em Seus caminhos, e você já terá implantado uma nova igreja.
Quando Paulo e suas equipes saíam, eles primeiramente proclamavam as Boas-Novas e, aí então, reuniam os discípulos. A reunião dos discípulos é "igreja".

P. Você está sugerindo que todos devem deixar a igreja tradicional e se tornar membros de uma igreja em casa?
R. O nosso propósito não é demolirmos nada do que Deus esteja construindo. Temos o compromisso de abençoarmos e ajudarmos a todas as igrejas, de todas as cidades, pequenas ou grandes, denominacionais, não-denominacionais, ou inter-denominacionais.
Não competimos com outras igrejas. Estamos simplesmente apresentando uma expressão válida de "igreja" que se baseia na Palavra de Deus e que tem provado ser eficiente, tanto na Igreja Primitiva, como nas igrejas atuais.
Não estamos dizendo que Deus está chamando todo o Seus povo de todos os lugares a estar fazendo exatamente a mesma coisa. A Igreja de Jesus Cristo é impressionantemente flexível e versátil em suas muitas expressões, quando não é limitada por regras rígidas e inflexíveis.

P. As igrejas em casas têm de pertencer a uma denominação?
R. Em primeiro lugar, todas as igrejas em casas de qualquer cidade pertencem à Igreja, o Corpo de Cristo daquela cidade. Uma igreja em casa pode pertencer a uma denominação, mas suas ligações com essa denominação não devem interferir com o seu compromisso e relacionamento com o Corpo de Cristo daquela localidade.
O maior desafio de qualquer igreja é a manutenção da unidade dentro do mais amplo Corpo de Cristo na cidade em que moramos e servimos. (Veja o Capítulo 7.)

Há muitas outras questões que poderiam ser perguntadas sobre as igrejas em casas, mas a mais immportante é : "Senhor, o que Tu queres que eu faça para ajudar no cumprimento da Grande Comissão? Será que eu deveria estar envolvido na multiplicação de igrejas em casas em meu país e em todo o mundo?"
Há muitas maneiras de implantarmos novas igrejas e, desta forma, ampliarmos o Reino de Deus sobre a terra. Aceitaremos e não criticaremos as várias maneiras pelas quais o povo de Deus está tentando implantar igrejas. O meu propósito é tocar a trombeta para iniciarmos igrejas em casas.
Dizemos a vocês VENHAM E AJUDEM-NOS! Estamos entusiasmados com relação à multiplicação de igrejas em todos os países e grupos étnicos a fim de "que em seu nome se pregasse arrependimento para remissão de pecados a todas as nações" (Lc 24.47).

SUMÁRIO
A minha firme convicção é que já existe agora um movimento de igrejas em casas a todo o vapor em todos os países da terra. Creio que esta é a única maneira pela qual veremos o cumprimento da Grande Comissão.
Isso já está começando a acontecer . Deus está falando sobre a IGREJAS EM CASAS a pessoas de toda parte. O alicerce foi colocado nos últimos vinte e cinco anos através da aceitação mundial do movimento de células.
Alguns de nós temos idade suficiente para nos lembrarmos de quando era altamente questionável o início de um grupo em casa de qualquer tipo, ou de qualquer outra coisa fora dos próprios prédios de igreja. Havia um temor muito grande de que isso afastaria as pessoas da "igreja". Agora, esses grupos são muito desejáveis, e considerados como uma forma de crescimento da igreja.
Deus está nos chamando para darmos mais um passo e reconhecermos que podemos de fato ter uma igreja , no sentido mais amplo da palavra, numa casa.
Algumas das maiores congregações do mundo hoje tiveram seu início numa casa. Quando se tornaram uma igreja? Será que eram igrejas quando tinham dez membros e se reuniam numa casa? Ou será que eram igrejas somente quando tinham mil membros? Será que se tornaram igrejas quando se reunião num prédio especialmente projetado para isso e chamado de "igreja"?
A resposta é óbvia. Eram igrejas quando começaram nas casas. Se tivessem continuado a ser reunir em casas, teriam continuado a ser igrejas.
Deus está sacudindo e mexendo em nossas atuais estruturas de igreja e levando-nos de volta ao básico. A maior parte do que chegamos a considerar agora como sendo essencial na verdade não é absolutamente essencial.
Quando olhamos para a simplicidade da Igreja do Novo Testamento e a comparamos com a Igreja institucionalizada de nossos dias vemos pouca, ou nenhuma semelhança.
A Igreja em alguns países é mais semelhante a uma corporação. Algumas denominações são enormes redes, que, em muitos casos, são governadas politicamente, em vez de serem governadas por uma autoridade espiritual ordenada por Deus. Isso tem causado um inconmensurável desastre e divis~eos durante centenas de anos.
Que Deus nos dê a revelação, a humildade, e a graça para admitirmos o quanto nos afastamos da simplicidade e da pureza da Igreja do Novo Testamento. Em siguida, vamos voltar a essa simplicidade e pureza com quebrantamento e arrependimento.
(Bob Fitts - Revista Atos - ABRIL/MAIO/JUNHO 2002).

Nenhum comentário:

Postar um comentário